Seu líder pensa que é seu dono?

Gestores que se acham donos de suas equipes e acabam formando times compostos por pessoas medrosas, com uma gestão precária e sem motivação.


Enquanto o líder achar que é dono da equipe, e que ela deve estar à sua disposição a qualquer hora, jamais haverá gestão de tempo, de prioridade ou de estresse.

Você recebe ligações do tipo "Vem aqui na minha sala!" ? Ou aquele tipo de ligação em que a pessoa simplesmente te liga dando uma instrução (que mais parece uma ordem), sem se importar se você está disponível para aquilo no momento? Ou pior: te liga 3 vezes, você não atende porque estava com uma pessoa à sua frente, ou fazendo uma reunião. E aí quando você atende a pessoa pergunta em tom de ira "Por que você não atendeu minha ligação? " Ou, ainda, se você não atendeu, liga para o colega da mesa do lado, ou para alguém da sua equipe, pedindo para avisar para você ligar pra ele, como se não houvesse bina, e outras 1000 maneiras de deixar um recado pra você sem tomar o tempo (caro) de outra pessoa?


Ou, quem sabe, você faz esse tipo de ligação?


Eu sei, parece absurdo, mas você não tem ideia do quanto isso é real e verdadeiro na prática! Este tipo de comportamento denota a falta de planejamento próprio e do time, a falta de uma Rotina de estão com os liderados diretos, com o líder e outros pares (Leia mais sobre Rotina de Gestão aqui). Denota uma total falta de respeito com a pessoa do outro lado, liderança por medo, desorganização e muitas outras coisas nada engajadoras, inspiradoras ou profissionais. Não há problema nenhum em você ter uma real emergência e tratar o assunto como tal. Mas, cuidado! Pois muitas pessoas com "mania de Deus", acham que só porque precisa, ninguém tem na sua programação nada mais importante.


Se você se encontrou total ou parcialmente neste perfil de Líder, seguem algumas atitudes que podem te ajudar:


1.Tenha sua Rotina de Gestão definida. Isso faz com que todos saibam quando falar com você, e você saiba quando falar com todos. Então assuntos que não tenham urgência possivelmente passam a ser parte da pauta. E param de ser tratados como urgência.


2.Pautas para os encontros regulares. Isso ajuda a ter reuniões produtivas de acompanhamentos


3. Faça a Gestão do seu Tempo (saiba mais sobre Gestão de Tempo aqui). E ensine seu time a fazer o mesmo.


4.Fale qual o assunto e o que a pessoa precisa preparar para te atender ajuda a economizar tempo e melhora a produtividade do bate-papo quando ele acontecer.


5.Converse com seu time, combine que você nem sempre você precisa que a pessoa faça o que você pede na mesma hora. Então, você vai se policiar para isso, mas que eles podem e devem perguntar sobre prazo caso estejam fazendo coisas importantes.


6.Trate coisas urgentes, emergenciais e importantes de formas diferentes. Vai te ajudar! Caia na real: nem tudo precisa da mesma energia e velocidade. Se não aprender a dosar isso, você vai enlouquecer, adoecer e enlouquecer todos à sua volta.


7.Observe: se toda vez que você chama ou liga todos te atendem a qualquer hora. Saiba que talvez tenham medo e não respeito. E que eles, com certeza, deixam coisas importantes para traz para te atender... isso tem impactos: às vezes nos times deles ou de outros, às vezes na função deles ou de outros, às vezes nos resultados que você, como líder, entrega a seu Gestor, ou cliente.


Se você é a pessoa que vive recebendo este tipo de ligação do seu Gestor/Líder, seguem algumas atitudes que podem ajudar você:


1.Tenha a sua Gestão de Tempo muito bem organizada, em ordem de prioridades. E, ao receber a demanda, faça a pergunta: "Fulano, eu estou trabalhando no assunto tal, precisa ser agora? Pode ser em XXXX tempo?" Seu líder vai dizer se é mesmo mais importante. Ou se com essas perguntas ele já entendeu que pode esperar um pouco. Se você não souber a importância do que está trabalhando e do que ainda está por vir, você estará sempre disponível. E, provavelmente, seu resultado sofrerá com isso. E sua imagem também! Afinal, se você está sempre disponível, alguém vai perceber que não faz nada tão importante, não é?


2.Se você tem medo de fazer isso, acredito que precisa trabalhar seu posicionamento, melhorar sua segurança profissional, pois o que proponho aqui é bem comum em meios profissionalizados e maduros. Se você tem medo de fazer essas perguntas para seu líder... talvez precisam conversar sobre isso.


Não permita que a falta de gestão dos outros atrapalhe a sua. Seja seu líder, liderado ou par!
14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo