O que significa empoderar seu time?

No texto anterior, falamos sobre Liderança 4.0, onde abordamos os 3 principais pontos da indústria 4.0 e o impacto deles no modo de liderar. Então, percebemos a importância do empoderamento para que isso se realize, entre outros pontos que falaremos em outros textos. Mas o que vem a ser empoderamento? Empoderamento é um tema muito em alta hoje em dia. No entanto, será que é bem compreendido em seu real significado?


Para começar, é importante saber que ninguém empodera ninguém. O empoderamento não se origina em fatores e pessoas externos, mas sim internos. Não é algo que você pega em mãos e entrega ao outro.


Enquanto, líder, seu papel no empoderamento do time diz respeito a preparar o ambiente, semear autoconfiança, incentivar a confiança uns nos outros. E, especialmente, preparar e delegar, para que as pessoas se apropriem deste "poder".


Portanto, empoderar é a arte de estimular alguém a sentir-se pronto para o desafio.

O empoderamento surge quando somos desafiados ou quando nos desafiamos, e gostamos do resultado quando superamos obstáculos, quando percebemos que conquistamos confiança. É assim que nossa autoconfiança vai se construindo.


Lembro de quando eu era executiva. O meu indicador pessoal de que eu havia conquistado a confiança era quando meu líder me dizia "Se está nas mãos da Janaina, estou tranquilo". Na última experiência nesta empresa, isso levou 5 meses para acontecer. Eu havia proposto um grande evento, o primeiro da empresa para distribuidores. E no dia antes do evento com duração de 3 dias, eu me lembro de ter dito "Pode ficar tranquilo, está tudo bem encaminhado”, e ele me disse: “Se está nas tuas mãos, eu estou tranquilo”. Ele havia usado as mesmas palavras do meu indicador pessoal. E isso me deu tanta segurança de que eu estava no caminho certo, que me engajei ainda mais.


Portanto, empoderamento não existe sem confiança, sem informação e sem conhecermos claramente os objetivos e razões pelas quais algo deve ser feito. Tampouco, sem participação, sem que haja real envolvimento, sem pertencimento. Quando participamos da construção daquilo em que vamos trabalhar, seja da construção das diretrizes, dos objetivos ou do plano de ação, nos sentimos muito mais engajados, muito mais empoderados para a missão, do que quando recebemos tudo pronto e nosso papel é apenas executar. Desta forma, uma das grandes formas de empoderar (e de gerar comprometimento) é trazer o time para a construção.


Assim, qual o seu papel como líder 4.0 para empoderar as pessoas?


É construir um ambiente colaborativo, participativo, desafiador e no qual haja todo o suporte necessário.

Evidentemente, problemas e obstáculos existirão, sobretudo, se você ainda não estiver nesse caminho porque, claro, ninguém dá o que não tem. Nestes anos de atuação, as barreiras mais comuns que encontrei foram:


  • insegurança do próprio líder e consequentemente tendência à centralização

  • falta de tempo para estar à disposição das pessoas enquanto estão no processo de construírem seu processo rumo a uma postura empoderada.

  • falta de referência e repertório, devida à falta de dedicação para aprender e atualizar-se

Talvez, você vai gostar de ler sobre Gestão Jurássica x Gestão 4.0 e Como se manter atualizado diante de um cenário de tantas incertezas globais?


Por fim, quanto mais empoderado o seu time estiver, maior auto confiança,maior a confiança uns nos outros, melhor a autogestão, melhor a liberdade responsável, melhor o desempenho e mais equilibrados e melhores resultados terão, enquanto time, para entregar para a organização, cliente e sociedade. Não é um sonho? Sim, e é possível!



21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo