O papel fundamental da rotina de gestão

Outro dia, conversávamos sobre o papel de apoio ao time que um líder tem e o quanto isso é importante, bem como as diferenças entre Gestor 4.0 e Gestor Jurássico, que você pode conferir aqui, neste artigo. Eu sempre sugiro que conversas individuais sejam frequentes e periódicas, para facilitar que a comunicação flua, as pessoas criem vínculos, a confiança aumente, feedback se torne cultura de melhoria de performance e que as conversas corajosas aconteçam naturalmente. Da mesma forma, as conversas com o time estejam agendadas, para acompanhamento e ajustes de projetos e processos, por exemplo. Acredito em um número de 70/30, onde 70% do tempo do líder é dedicado a contribuir para que seu time flua com o mínimo de percalços possível, desenvolvendo, apoiando e garantindo os recursos para isso; e 30% para as demais atividades do cargo, como relatórios, reuniões gerenciais etc.

Meu interlocutor, um diretor de uma empresa em questão, então, me perguntou – “O fulano faz isso?” – o fulano a quem ele se referia era o diretor da mesma área em uma empresa referência no mercado. Eu realmente não havia conversado sobre isso com ele. Então, respondi que não sabia.

Ao chegar em casa, no final do dia, fiz contato com alguns amigos que têm deságios em nível de diretoria. Alguns em empresas familiares, outros não; alguns em empresas nacionais, outros em internacionais. Fiz a seguinte pergunta:

“Quem de vocês tem uma rotina de bate-papo individual com seus liderados? Essa rotina é semanal, quinzenal, mensal ou bimestral? Se puderem me responder, serei muito grata!”

Nem todos responderam, é claro. Todavia, compartilho com você as respostas, exatamente como as recebi. Acredito que se você ainda tem dúvidas sobre como a importância de inserir seu time na sua rotina de gestão, além dos compromissos profissionais, elas serão sanadas:

Diretor 1:

Semanal individual com cada direto; Semanal com os diretos juntos; Semanal com toda a equipe junta (essa última nasceu na quarentena, para manter a proximidade. Antes disso era mensal.)

Diretor 2:

Não posso dizer que seja uma rotina, mas mensalmente tenho conversas individuais. Algumas pessoas têm uma rotina diária.

Diretor 3:

Já fiz vários modelos. Não consigo criar uma rotina. Tentei semanal, m dia por semana cada um. Todos no mesmo dia. Um dia mensal. Também depende da função. Acho que preciso de uma Coach rsrs

Diretor 4:

Mensal

Diretor 5:

Não muito organizada, mas tenho quinzenal. Com meu chefe quinzenal também.

Diretor 6:

Eu tenho duas semanais com a equipe inteira. Durante a pandemia criei uma trimestral para falar da vida deles e não trabalho!!!

Diretor 7:

Individual semanal de 30min; Times de projetos específicos, quinzenal; Todo o time, mensal, cerca de 2h, resultados e planejamento.

Diretor 8:

1:1 semanal de 1h com cada um dos meus diretos (são 9); 1h cada duas semanas com meus pares (são 5); e 1h a cada 2 semanas com meu chefe.

Diretor 9:

Tenho semanal com subordinados e chefe.

Diretor 10:

Faço reuniões semanais com grupos diferentes. E reuniões trimestrais para comunicação dos resultados

Aqui temos respostas de executivos e proprietários de grandes companhias! Vou mantê-los anônimos, claro, por uma questão de ética.

Perceba, que 80% tem algum tipo de reunião com seus liderados, o que significa que dedicam um tempo para melhorar a performance individual de cada um, bem como dar o suporte necessário; apenas 40% tem reuniões individuais e com o time todo, o que colabora com os resultados individuais e do time; e 10% não tem nenhum tipo de rotina, o que, provavelmente, tem dificultado sua gestão.

E, curiosamente, somente 1 pessoa relatou ter reuniões com seus pares. Apesar de eu não ter mencionado, acho muito importante a prática. Afinal, alinhar a estratégias de cada time, visando o resultado global, é muito importante. Além de, claro, ser um momento para troca de experiências e boas práticas de liderança e gestão.

Tire suas conclusões! Mas, acredite:


ter uma rotina de gestão é essencial para um melhor desempenho. Seu, enquanto gestor, e do seu time.

Quer fazer sua rotina com seu time? Não sabe como, eu posso contribuir para montar possibilidades e depois você testa. Com prazer e honrada, pois acredito muito no papel das lideranças como geradoras de equilíbrio (ou desequilíbrio) em uma organização, comunidade ou sociedade.

P.S.: você também pode contribuir, comentando aqui, a sua rotina e inspirando outros a criarem as suas.

38 visualizações

© 2020 por Janaina Manfredini